Diferença entre Citação Direta Curta e Longa: exemplos, ABNT e dicas

Dois elementos textuais causam dúvidas e até erros dentro de um trabalho acadêmico, científico, tese, dissertação, resumo, resenha e etc.

Assim, é fundamental saber a Diferença entre Citação Direta Curta e Longa.

Estes dois tipos de citação possuem formatações bem diferentes, de acordo com a Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT).

E, errar na hora de formatar as citações do trabalho, incide na perda de pontos. Em alguns casos, até reprovação. Evite cometer este erro também: Diferença entre Citação e Referência

Portanto, este artigo irá esclarecer a Diferença entre Citação Direta Curta e Longa, com explicações simples e exemplos.

A citação direta é a transcrição exata das palavras do próprio autor. Sem alterações. Não é, portanto, uma tradução de uma ideia. Mas, a utilização da ideia exatamente na íntegra. Diferentemente da citação indireta, como já explicamos aqui: https://comofazercitacao.com.br/citacao-indireta/

Diferença entre Citação Direta Curta e Longa

A principal Diferença entre Citação Direta Curta e Longa é:

Obs.: veja mais abaixo, exemplos e como formatar corretamente cada uma.

*Vídeo retirado do canal Metodologia Descomplicada

Como formatar Citação Direta Curta         

A princípio é importante saber que a Citação Direta Curta deve vir expressa ao longo do texto do seu trabalho.

Além disso, com a mesma fonte e tamanho do texto do trabalho, certo? A única diferença, neste sentido é que a Citação Direta Curta deve aparecer:

  • Entre aspas
  • Deve, obrigatoriamente, mencionar o autor, obra ou o dado que especifique de onde a Citação Direta Curta foi retirada.
  • A citação pode vir em itálico ou não.  

Exemplos:

Para Teixeira (1998, p. 35), “A ideia de que a mente funciona como um computador digital e que este último pode servir de modelo ou metáfora para conceber a mente humana iniciou a partir da década de 40”.

Precisando de um TCC pronto?

Precisa formatar seu trabalho?

Serviço de escrita de Resumo

Serviço de escrita de dissertação

Fazemos seu trabalho de pesquisa

Serviços de edição e revisão

Ou então:

 “A ideia de que a mente funciona como um computador digital e que este último pode servir de modelo ou metáfora para conceber a mente humana iniciou a partir da década de 40”. (TEIXEIRA, 1998, p. 35)

Grifo em Citação Direta Curta

O Grifo é usado quando o autor da obra citada no trabalho científico ou acadêmico quer destacar uma palavra ou um trecho. Ou, então, o próprio autor do trabalho pretende fazer o destaque.

Nestes casos, quando a citação já tem destaque feito pelo autor da obra, utiliza-se o termo “Grifo meu” ou “Grifo nosso”.

Exemplos:

  • “São velhas e persistentes as teorias que atribuem capacidades específicas inatas a raças ou a outros grupos humanos” (LARAIA, 1986, p. 17, grifo do autor).
  • “Quando a língua de origem não o possui, a maioria dos nomes é incorporada ao léxico português no gênero masculino” (Vogue Brasil 306, p.166, grifo meu).
  • “Um arbítrio, porém, que pode ser deter minado independente de impulsos sensíveis.” (KANT, 1980, p. 391-392, B 830, grifo nosso).

Atenção! Veja que o Grifo pode vir em negrito, sublinhado ou em Itálico.

Como formatar Citação Direta Longa

Já a Citação Direta Longa deve ser formatada de maneira bem diferente da Citação Direta Curta. E está exatamente aí o ponto onde muita gente acaba se equivocando.

Primeiramente, as regras, de acordo com a ABNT, para a Citação Direta Longa são:

  • O recuo é de 4 cm em relação à margem esquerda
  • O espaçamento das entrelinhas deve ser simples
  • O trecho deve estar justificado
  • Usa-se fonte 10
  • Entre a citação longa e o restante do texto, deve-se usar um espaçamento de 1,5 cm
  • Necessita das referências da obra

Achou complicado? Vamos elucidar com um exemplo. Veja:

exemplo de citação direta longa com espaçamento
Exemplos de citação direta longa e os espaçamentos

Grifo em Direta Longa

O Grifo também é usado na Citação Direta Longa. Parte-se do mesmo princípio do Grifo na Citação Curta.

Ou seja, quando o autor da obra citada no trabalho quer destacar uma palavra ou um trecho. Ou, então, o próprio autor do projeto pretende fazer o destaque.

Nestes casos, quando a citação já tem destaque feito pelo autor da obra, utiliza-se o termo “Grifo meu” ou “Grifo nosso”.

Exemplos:

exemplo de citação direta longa com recuo de 4 cm

Ou então:

exemplo de grifo do autor em citação direta longa

Atenção: Assim como no Grifo de citações curtas, na Citação Direta Longa, o Grifo pode vir em Negrito, Sublinhado ou em Itálico.

Citação Direta Curta e Citação Direta Longa com mais de 3 autores

Quando uma citação tem como referência mais de 3 autores, as regras são as mesmas para a Citação Direta Curta e para a Citação Direta Longa.

Assim, para não interferir na fluidez do texto, citamos apenas 1 dos autores. Sem seguida, usamos o termo “Et al” – que indica que a citação tem mais autores, certo:

Veja os exemplos:

CARVALHO et al. (2011) caracterizaram o grupo segundo variáveis sociodemográficas…

Já que praticamente todas as nossas ações diárias mais significativas estão revestidas de linguagem, é importante saber algo sobre o seu funcionamento. E esse funcionamento da linguagem é tão espontâneo que não nos damos conta de sua complexidade. Quando falamos ou escrevemos, não temos muita consciência das regras usadas ou das decisões tomadas, pois essas ações são tão rotineiras que fluem de modo inconsciente. (MARCUSCHI et al, 2008, p. 232).

Já falamos também sobre APUD, tire todas as suas dúvidas em: APUD: como usar, ABNT, quando usar e exemplos

Citação Direta Curta e Citação Direta Longa com até 3 autores

Já se as citações tiverem 1, 2 ou até 3 autores, deve-se mencionar o sobrenome de todos os autores, certo?

Exemplo:

Lovelock, Wirtz, Hemzo (2011, p. 69) afirmam que “a satisfação do cliente é crucial para o conceito de marketing”.

Está com dificuldades para fazer seu TCC?

Serviço de Escrita

Escrita de Dissertação

Trabalho de Pesquisa

Serviços para Teses

Edição e Revisão

Serviço de TCC Pronto