Et Al | exemplos, como usar, quando usar, ABNT e nossas dicas

Et al. pode parecer uma expressão bem estranha para quem não tem familiaridade com a Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT); No entanto, é uma expressão bastante comum.

Caso você não saiba o que é Et al. ou tenha dificuldades para usar, fique por aqui. Esclareça tudo sobre o Et al.! Op. Cit.: Veja como e quando usar, normas ABNT e exemplos

O que significa a expressão Et al.

De acordo com o que já fora mencionado, Et al. é uma expressão que segue as normatizações da ABNT e é obrigatória em alguns casos.

Precisando de um TCC pronto?

Precisa formatar seu trabalho?

Serviço de escrita de Resumo

Serviço de escrita de dissertação

Fazemos seu trabalho de pesquisa

Serviços de edição e revisão

Et al. se trata da abreviação de outra expressão “et aliae” – que vem do latim. Et al.  significa “e outros” ou então “e outras”.

Além disso:

  • et alia (neutro plural)
  • et alii (“e outros”, masculino plural)
  • et aliae (“e outras”, feminino plural)

Quando precisamos usar a expressão Et al.

Bem, a expressão Et al. deve ser usada em Citações ou Referências Bibliográficas (Bibliografia). No caso, como o seu significado já explica, indica que uma citação ou uma obra possui mais de 3 autores ou 3 fontes.

Se voltarmos na questão das Citações e das Referências Bibliográficas, quando uma obra expressa em um trabalho acadêmico – de acordo com a ABNT – possui 1, 2 ou 3 autores ou 3 fontes é preciso citar todos estes. No caso, o sobrenome.

Mas, a fim de dar fluidez ao texto do trabalho, quando uma obra possui mais de 3 autores ou fonte, a formatação é alterada e o Et al. é usado. Veja:

Cita-se apenas 1 dos autores de uma obra, em seguida usa-se a expressa Et al. – indicando, assim, que há mais autores ou fontes responsáveis por tal ideia.

Portanto, em resumo:

  • 1 autor (SOBRENOME, Nome, ano)
  • 2 autores (SOBRENOME, Nome; SOBRENOME, Nome, ano)
  • 3 autores – (SOBRENOME, Nome; SOBRENOME, Nome;

SOBRENOME, Nome, ano)

  • 4 ou mais autores (SOBRENOME, Nome, et al., ano)
*Vídeo retirado do Canal Felipe Gomes

Exemplos do uso de Et al.

Atenção

Vale destacar que de acordo com a atualização da ABNT (NBR 6023), do ano de 2018, a expressão Et al. deve vir grafada em Itálico. Mas, como a modificação é relativamente recente alguns institutos consideram o Et al. sem itálico.

Está com dificuldades para fazer seu TCC?

Serviço de Escrita

Escrita de Dissertação

Trabalho de Pesquisa

Serviços para Teses

Edição e Revisão

Serviço de TCC Pronto

Tudo irá depender da instituição a qual o trabalho científico ou acadêmico é submetido. No entanto, como a atualização já existe é preferível seguir, grafando a expressão em itálico. APUD: como usar, ABNT, quando usar e exemplos

Citação

O Et al. é usado em Citações Diretas Curtas e Citações Diretas Longas. Além disso, em Citações Indiretas

Veja os exemplos:

Conforme aponta SILVA et al. (2005), a trajetória da entidade é marcada pela reprodução da repressão e da ideologia controladora do Estado.

Ou:

“Obviamente, essa é a função da economia: ela busca desenvolver modelos simples e facilmente compreensíveis que descrevam os fenômenos do mundo real” (SANTOS et al., 2006, P. 19).

Ou:

Driko et al. (1984, p.17) comenta sobre a prática administrativa afirmando que:

“A administração é exercício, não ciência. A esse respeito, ela pode comparar-se com a medicina, a advocacia e a engenharia. Não é conhecimento, mas desempenho. Além disso, não representa a aplicação do bom senso, ou da liderança, menos ainda da manipulação financeira. Seu exercício baseia-se no conhecimento e na responsabilidade.”

Mais exemplos de Et Al

Exemplo de Et Al em gráficos, figuras e imagens
exemplo de et al
exemplo 2 de et al no tcc
exemplo de et al citação
exemplo citação direta longa et al

Referências Bibliográficas / Bibliografia usando Et Al

JOSÉ, J. et al. Um framework transicional de comparadores de strings em modelos orientados a objetos: uma experiência em curso de especialização, Computação Paralela, Recife, v. 2, n. 1, jan. 2015.

Ou:

FERNANDES, A. et alConstituição de uma matriz de contabilidade social para o Brasil. Brasília: IPEA, 1994.

Ou:

HENRIQUES, et al. O editor de texto que formata o seu trabalho automaticamente nas normas da ABNT. Florianópolis: Editora, 2019.

Sobre a ABNT

Agora que já sabemos sobre como usar o Et al. e tudo sobre essa expressão, vamos falar mais sobre a ABNT

Vale ressaltar que a ABNT foi fundada no dia 28 de setembro de 1940. É uma associação com reconhecimento dos órgãos federais.

Além disso, se trata de uma entidade privada e não estatal, como muita gente pensa – e não tem fins lucrativos.

A ABNT também é uma associação membro da International Organization for Standardization (Organização Internacional de Normalização – ISO), da Asociación Mercosur de Normalización (Associação Mercosul de Normalização – AMN) e da Comisión Panamericana de Normas Técnicas (Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas – Copant). Ainda, da International Electrotechnical Commission (Comissão Eletrotécnica Internacional – IEC) – associações reconhecidas internacionalmente.

Conforme já mencionado a ABNT é a principal entidade que elabora as normas técnicas de trabalhos e pesquisas brasileiras. Para isso, conta com comitês, como os Organismos de Normalização Setorial (ABNT/ONS) e as Comissões de Estudo Especiais (ABNT/CEE).

A partir do ano de 1950, a ABNT passou a atuar também na avaliação e na certificação de produtos e de  sistemas, assim como rotulagem ambiental.

A ABNT atua em conjunto com a sociedade e todas as esferas governamentais do país.

Para isso, a ANBT tem Missão, Visão e Valores. Veja:

A ABNT visa prover a sociedade brasileira de conhecimentos. Isto por meio de normas e avaliações. Com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento tecnológico e científico brasileiro, junto a proteção da defesa do consumidor e do meio ambiente – rumo à inovação.

 Tem a visão de se basear em premissas, como ser o Foro Nacional de Normalização – que está previsto no Sistema Brasileiro de Normalização (SBN). Além de ter compromisso com o Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Conmetro).

Também, ser o representante do país em foros sub-regionais, regionais e internacionais de pesquisa

Por fim, valores, visando à atuação de forma ética e isenta, a fim de garantir a participação da sociedade brasileira. Além de orientar a atuação conforme as políticas nacionais governamentais de desenvolvimento. Isso, com objetivos de contribuir e estimular o avanço e o desenvolvimento em todas as áreas de atuação da pesquisa e da ciência.

A ABNT também oferece cursos, palestras e certificações. Conta com associados que podem propor melhorias e modificações.

Ainda é possível adquirir publicações da editora própria da Associação, com temas sobre as normas científicas, pesquisas qualitativas e quantitativas da produção científica e tecnológica do país. Além de promover palestras, simpósios, debates, entre outros meios de articulação e comunicação com a sociedade brasileira.